15 junho, 2017

Anko - recheio do tradicional Daifuku Mochi



Foto: http://sfukendo.wordpress.com


Entrar na confeitaria Ochiai (Barcelona, Espanha) é um desafio à dieta, mas devidamente recompesada pelo prazer de saborear cada detalhe e saber que tudo ali é feito com excelente matéria-prima. Aliás, este é o detalhe mais importante para o confeiteiro Takashi Ochiai: a qualidade da matéria-prima.

Takashi Ochiai, formado na Ecole de Patisserie de Tokio, conta que desde jovem já se interessava pelo doce mundo da confeitaria. Filho de camponeses, teve de sair de casa aos 15 anos, do pequeno povoado de Kamiebata (Japão). Durante o início da sua independência em Tokio e ao ver o preço das escola de patisserie, foi trabalhar na fábrica da Nissan no período noturno (salário maior). Saiu assim que conseguiu o dinheiro suficiente e hoje completa 45 anos de carreira. E o quê o ingressou na confeitaria e o mantém até hoje? A curiosidade! Ochiai queria saber porquê o bolo cresce dessa maneira, porquê os mochis não podem sair perfeitos, etc. Sua curiosidade o mantém na ativa e estudando até hoje. Quase todos os anos ele vai à Tokio e em cada viagem passa pela sua antiga escola para se inteirar das novidades. E quando volta, além de ideias, traz consigo produtos para elaborar suas famosas (e deliciosas) sobremesas japonesas.

Fique a vontade para entrar e degustar cada pedacinho do Japão e da Catalunha  na confeitaria (ou a casa de disfrute) de Takashi Ochiai. O que a gente sugere? Somos suspeitos para dizer de quem somos fã, mas você pode provar as deliciosas variações de mochis, o lemon cake, o bolo kastera (o tradicional e o de matcha), os dorayakis, as trufas de matcha, os croissants, os sorvetes... Um dos poucos lugares onde cada centavo vale muitíssimo a pena!     

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Esta é a receita do Chef Takashi Ochiai, do tradicional anko. Em Barcelona, tive o prazer de estudar e estagiar com ele. Uma das pessoas mais detalhistas e perfeccionista que eu conheci, característica importantíssima para um confeiteiro. 

http://www.ochiaipastisseria.com


Ingredientes:

1kg de feijão azuki
1kg de açúcar
água

Como fazer:

1. Cozinhe normalmente o feijão com bastante água. Um mínimo de 1/2 hora contando de quando começou a ferver; 
2. Coe 3 vezes;
3. Volta a panela e acrescente o açúcar. Desligue assim que ferver. Descansar por uma noite. 
4. Coe e reserve a calda;
5. Leve a calda ao fogo (de preferência numa panela de boa condução de calor. Na confeitaria ele usava uma de cobre, larga). Deixe ferver até formar bolhas grandes. Acrescente o azuki. Não pare de mexer! Vai ficando denso, denso, chame o mais forte da casa nessas horas! 
5. Está pronto quando estiver bem denso e soltando facilmente do fundo da panela.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário