16 maio, 2012

Tomates secos

                               Atenção! Leia toda a receita antes de começar a fazer! 

Existem diversas maneiras de fazer tomate seco em casa, algumas mais complicadas e trabalhosas (porém com melhores resultados, como os tomates secos deixados ao sol sobre os telhados das casas na Itália), e outras mais simples e adaptáveis para a vida moderna. Essa receita aprendi no workshop de saladas do Espaço Soleil, no bairro de Intermares, Cabedelo-PB, pertinho da praia. Ali você encontra diversos cursos de idiomas, artes e gastronomia, sendo estes uma maravilha a parte!  Recomendadíssimos para quem gosta de cozinhar.  Quando fiz, quem ministrava as aulas era o Chef francês Cedric que dava o tempo todo dicas riquíssimas de truques culinários... anote tudo!!!




Para fazer esses deliciosos tomatinhos precisa-se de: 
tomates pequenos bem maduros (o cereja, o pera, o piccolini, o que você encontrar)
alho picadinho
sal 
azeite
ervas a gosto picadinhas (orégano, tomilho, manjericão, ervas-finas, faça com o que tiver e o que quiser. Dica: orégano e manjericão fica divino ;)
Não anotei medidas pois muitas vezes você compra um caixinha de tomatinhos e muitos deles estão verdes... não dando uma quantia exata. Mas em média vão 2 - 3 (depende do tamanho) de dentes de alho, 1 colher (sopa) de cada erva e 1 pitada de sal para cada caixinha encontrada nos supermercados. 




Corte no meio os tomates e coloque tudo numa numa bacia, acrescente todos os temperos e misture bem. Detalhe: o azeite é o suficiente para untar todos os tomates, como na foto acima. Numa assadeira espalhe-os bem, deixando-os afastados um dos outros e espalhe aquele caldinho que sobra na bacia sobre os tomates.  


Agora, você vai repetir esse mesmo procedimento durante 3 dias ou até eles secarem bem. 
Leve ao forno (não pré-aqueça em hipótese alguma) e acenda-o em forno médio (230 C é uma boa média), deixe por 10 minutos e desligue. Deixe o tomate esfriar junto com o forno. 
Faça isso 3 vezes ao dia (de manhã, a tarde e a noite), sempre 10 minutos com o forno ainda frio e após desligar deixe os tomates lá. Caso não usar o forno para outras coisas durante esses dias, deixe-os lá dentro mesmo. Se for usar, tire-os e mantenha em algum lugar da sua cozinha. Depois é só devolve-los ao forno. Ao notar que tem tomates queimando mais rápido que os outros, se já estiverem bem secos (eles ficam meio crocantes) retire e vá usando em pratos ou mesmo guarde-os num recipiente para se juntarem aos outros posteriormente. 


Passados os 3 dias você pode usar os tomates imediatamente ou guardá-los em potes de vidros bem fechados. Eu costumo cobrir os tomates com azeite extra-virgem e um pouquinho de vinagre de maçã para conservá-los melhor. Não sei quanto tempo eles aguentam a partir daí, pois aqui em casa nunca passaram de 3 dias, porque além de linda essa obra-prima o cheirinho é tão bom quando você abre o pote que é impossível resistir ;)


Bon appétit!

Nenhum comentário:

Postar um comentário